Carregando...

Tudo o que você precisa saber sobre o Revalida 2020

Aguardado edital para as provas do Revalida, programa para revalidar o diploma de médicos formados no exterior

Se você é médico formado em instituição de ensino estrangeira ou esta prestes a se formar deve ficar atento. Será divulgado neste primeiro semestre o edital do Revalida 2020, o programa voltado aos médicos formados no exterior. Para exercer a Medicina no Brasil, estes profissionais precisam ser aprovados nas provas do Revalida.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou as linhas gerais do novo Revalida e promete para este primeiro semestre o edital com todos os detalhes. Porém, já é certo que os médicos farão a prova em duas etapas: exame teórico e exame de habilidades clínicas.

A reformulação do  Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida), segundo o MEC, vai possibilitar que cerca de 15 mil formados em Medicina no exterior revalidem seus diplomas.

Desburocratização do processo

A partir deste ano serão aplicadas duas provas ao ano em formato digital. “O objetivo é desburocratizar o processo e permitir que mais profissionais da área atendam a população”, considera o MEC.

O candidato reprovado na segunda etapa estará habilitado para realizar o exame nas duas edições seguintes, sem a necessidade de fazer a primeira etapa novamente. Além disto, o  Revalida será aplicado semestralmente, e o edital será publicado 60 dias antes da realização do exame escrito.

Além disso, o MEC anunciou mudanças no valor a ser pago por quem presta o exame. Na primeira fase, o candidato pagará o equivalente a 10% do valor mensal da bolsa do médico-residente, valor de R$ 330. Já na segunda etapa, o valor será de R$ 3,3 mil.

Em relação ao conteúdo, a secretária de Educação de Ensino Superior do MEC adiantou que serão feitas pequenas mudanças em relação às matérias da prova, como a matéria de saúde mental, alterações que atendem aos tempos atuais.

Prova digital e bolsa para residência médica

O governo também estuda a realização da prova digital, em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (unifesp), Universidade Federal do Ceará e National Board Medical Examiners, e acredita que , posteriormente, o candidato que tiver boa nota no Revalida poderá ter uma boa bolsa nos programas de residência médica.

Participação de faculdades privadas no Revalida 2020 é vetada

Ainda depende da votação do Congresso Nacional a participação de faculdades privadas com avaliação 4 e 5 no Revalida. Embora defendida pelo MEC e anunciada como uma das novidades do Revalida 2020, a proposta foi vetada pelo presidência da República.

A decisão do Palácio do Planalto ainda precisa ser deliberada pelos senadores e deputados em sessão conjunta até a data limite de 29 de fevereiro de 2020.

Com o veto, o processo de revalidação conhecido como Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida), agora instituído pela Lei nº 13.959/2019, pode ser realizado apenas em faculdades de medicina públicas (federais, estaduais ou municipais).

Outras inovações anunciadas pelo MEC
  • a possibilidade de parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal do Ceará (UFC) e National Board of Medical Examiners, que têm condições de realizar as provas;
  • a adoção de critério de desempenho acadêmico: apenas universidades privadas com notas 4 e 5, as maiores no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), também poderão realizar o exame;
  • embora o exame continue a ser aplicado em duas etapas por ano, sendo o primeiro teórico, o segundo, que testa as habilidades clínicas, só poderá ser feito após a aprovação do anterior;
  • com a realização do teste duas vezes por ano, o edital precisará ser publicado até 60 dias antes do primeiro exame.
Qual o objetivo do Revalida

Em suma, o exame tem o objetivo de verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências requeridas para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no país.

Prepara-se para o Revalida 2020 com o Revisamed

O Revisamed oferece para você um curso online com todo conteúdo voltado para as provas de revalidação dos diplomas médicos expedidos por instituições estrangeiras. Conheça a estrutura do curso e veja que você terá todo o conteúdo para se preparar para revalidar o seu diploma.

O formato do Curso para o Revalida 2020 permite que você se prepare para a prova de forma adequada e fácil. Você pode estudar quando e onde quiser. O curso é completo, com videoaulas, podcast, caderno digital, questões comentadas, podcast e tudo mais para facilitar a sua preparação.

Você pode conferir no blogpost Como se preparar para o novo Revalida como são as provas, o conteúdo cobrado, as questões discursivas e o formato da prova de habilidade, com base  no último exame realizado em 2017. Portanto, vale a pena dar uma conferida também nestas informações!

Agora é começar a se preparar com o Revisamed e aguardar a publicação do edital. Em resumo, acompanhe o blog Revisamed e saiba tudo sobre o Revalida 2020!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.