Carregando...

Especialista do Revisamed alerta: câncer de próstata mata um homem a cada 2,4 minutos

Professor do Revisamed destaca importância do autocuidado na prevenção do câncer próstata

[one_second]

[/one_second]

O câncer de próstata mata um homem a cada 2,4 minutos, alerta o urologista Antônio Carlos Tonelli, professor do preparatório Revisamed. Todos os anos, 70 mil brasileiros são diagnosticados com câncer de próstata e destes cerca de 15 mil morrem da doença. Os números revelam uma situação preocupante para a saúde do homem. Uma das ferramentas de enfrentamento para diminuir esta estatística é a campanha nacional Novembro Azul do Ministério da Saúde, uma forma de conscientizar os homens sobre a importância do cuidado com a saúde.

Mas independente de campanhas pontuais os homens devem sempre estar cientes da necessidade do autocuidado. Os dados estatísticos revelam que o câncer de próstata é o câncer mais prevalente em homens a partir dos 50 anos de idade, sendo a segunda causa de morte por câncer. Nos Estados Unidos um novo caso e diagnosticado a cada 2,4 minutos e um paciente morre a cada 18,2 minutos.

Atento à esta realidade, o médico urologista Antônio Carlos Tonelli, destaca a necessidade do diagnóstico precoce. “ O câncer de próstata só apresenta sintomas em fases tardias da doença, quando o tratamento curativo é muito mais difícil. Só com um diagnóstico precoce, temos condições de oferecer um tratamento curativo ao paciente”, alerta Tonelli.

O médico ainda lembra a necessidade de vencer a resistência aos exames de prevenção que são simples, rápidos e podem salvar vidas. Antônio Carlos Tonelli destaca, ainda, que os homens precisam estar conscientes sobre o autocuidado e a prevenção da saúde em geral. Segundo o Ministério da Saúde, os homens vivem 7 anos a menos que as mulheres no Brasil e procuraram os médicos 10% a menos.

Nesta entrevista, realizada na Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde /FCMS, Tonelli fala sobre a importância das campanhas pontuais, destaca a importância do cuidado integral pelo homem, desde a dieta saudável, atividades físicas e da necessidade de visitas periódicas ao especialista.