Carregando...
hipertensão arterial sistêmica

Hipertensão arterial sistêmica: tema da questão comentada

A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma das doenças de maior prevalência no mundo moderno e é caracterizada pelo aumento da pressão arterial, tendo como causas a hereditariedade, a obesidade, o sedentarismo, o etilismo, o stress e outras. A sua incidência aumenta com a idade. No Brasil, estima-se que um em cada cinco habitantes seja portador dessa patologia. Veja questão comentada Revisamed.

Especialista comenta questão sobre hipertesão arterial sistêmica

Questão

Um paciente de 40 anos procura a unidade básica de saúde para consulta de rotina. Nega queixas e é tabagista e sedentário. O médico verifica a pressão arterial na técnica adequada e, nas três medidas, realizadas a PA é de 138 x 85 mmHg . Assinale a alternativa que apresenta a conduta mais adequada.

Alternativas

A –  Reavaliar em 1 ano.

B – Reavaliar em dois meses e orientar mudanças no estilo de vida

C – Reavaliar em um ano e orientar mudanças no estilo de vida.

D – Indicar MAPA

E – Reavaliar em 6 meses e orientar mudanças no estilo de vida.

Resposta

E – Reavaliar em 6 meses e orientar mudanças no estilo de vida.

Comentário do especialidade Revisamed

Modificações no estilo de vida podem refletir no retardo do desenvolvimento da pressão arterial sistêmica em indivíduos com pressão limítrofe. Tem também impacto favorável nos fatores de riscos envolvidos no desenvolvimento ou no agravo da hipertensão e devem ser sempre indicadas. Segundo a VII Diretriz  Brasileira de Hipertensão (2016), o período de tempo recomendado para as medidas para a modificação de estilo de vida isoladamente em hipertensos e naqueles com comportamento limítrofe da pressão arterial, com baixo risco cardiovascular, é de, no máximo, seis meses. Em pacientes com riscos médio, alto ou muito alto, independente da pressão arterial, a abordagem deve ser combinada -não medicamentosa e medicamentosa –  para atingir a meta preconizada mais precocemente.